Técnicas de Acupunctura para AVC

Faz uns meses, encontrei este texto num blogue. E muito recentemente, um dos meus contactos enviou-mo pelo e-mail. Deixo aqui o texto integral, que recebi, e depois faço uns comentários finais.

“Agulha que salva!
Uma agulha pode salvar a vida de alguém com começo de AVC.
Vale a pena 2 min de leitura.
Uma agulha pode salvar a vida de um paciente com principios de derrame…

Dito por uma professora chinesa.

Guarde uma seringa ou uma agulha para fazer isto – é um método
inconvencional para recuperar alguém de um derrame.

Quando um derrame estiver a ocorrer fique calmo.

Independentemente de onde a vitima estiver, não a mova do lugar. Quando o derrame acontece, as veias capilares no cérebro vão-se gradualmente rompendo. Se a pessoa for movida os capilares vão se romper. Se tiver na sua casa uma seringa melhor. Se não tiver, pode usar uma agulha de costura ou um alfinete.

BannerFans.com

1. Aqueça a agulha/ alfinete para esterilizar e depois dê uma alfinetada em todos os dedos das mãos do paciente.

2. Não há pontos específicos nos dedos para a acupuntura, mas pode picar 1 milímetro perto da unha.

3. Pique até o sangue começar sair.

4. Se o sangue não começar a sair, então aperte com os dedos.

5. Quando todos os dedos começarem a sangrar, espere alguns minutos e depois puxe as orelhas do paciente até ficarem vermelhas.

6. Pique cada um dos lóbulos das orelhas até começar a sair uma gota de sangue de cada lóbulo. Depois de alguns minutos a pessoa começará a recuperar os sentidos.

Espere até que recupere o estado normal e leve-o para o hospital.
Se for levado às pressas para o hospital, a viagem turbulenta vai fazer com que os vasos capilares no cérebro se rompam.

“Eu aprendi a tirar gotas de sangue para salvar vidas através de um médico de medicina tradicional chinesa. Ele chama-se Ha Bu Ting. Mais tarde tive experiência prática sobre o assunto e posso dizer que este método é 100% eficaz.

Em 1979, eu era professora no colégio de Fung Gaap em Tai Chung. Uma tarde, um outro professor veio correndo para a minha sala e disse “Sra. Liu, venha rápido, o nosso supervisor teve um derrame!”

Eu fui imediatamente para o 3º andar. O Sr. Chen Fu Tien estava pálido, o seu discurso era feito através de sussurros, a boca torta – sintomas de um derrame. Imediatamente pedi a um dos estudantes para ir a uma farmácia comprar uma seringa, que usei para picar o Sr. Chen em todos os dedos.

Quando todos os dedos estavam a sangrar (cada um dos dedos com uma gota de sangue do tamanho de uma ervilha), o Sr. Chen começou a recuperar a sua cor.

Mas a boca continuava torta. Então, eu puxei as orelhas dele para
enchê-las de sangue. Quando as orelhas dele começaram a ficar vermelhas, eu piquei o lóbulo da orelha direita por 2 vezes para saírem duas gotas de sangue E depois o lóbulo da orelha squerda.

Dentro de 3 a 5 minutos o formato da boca voltou ao normal e a sua maneira de falar tornou-se clara.

Nós o deixamos descansar algum tempo e o levamos para o hospital. Ele ficou lá em repouso por uma noite e no dia seguinte deram alta para dar aula.

Tudo correu normalmente. Não apareceu nenhuma doença derivada do primeiro Socorro que lhe foi aplicado. Por outro lado, normalmente as vitimas de derrame sofrem danos irreparáveis nos capilares do cérebro durante o percurso para o Hospital.

Como resultado, essas vítimas nunca se recuperam.

Por isso, o derrame é a segunda maior causa de morte. Os que têm sorte podem sobreviver, mas ficam paralíticos para toda a vida. È coisa horrível de acontecer na vida de alguém.

Enviem este email depois de ler. Você pode salvar alguém de ter um derrame.

Que você seja feliz e esteja bem de saúde.”

Em primeiro lugar devo dizer que não conheço nenhum estudo que comprove as afirmações aqui feitas. No entanto, as técnicas mencionadas fazem parte das técnicas de intervenção em acupunctura neste tipo de caso.

Em segundo lugar, o texto, apresenta um erro, um pouco grosseiro, no que concerne à acupunctura. Nomeadamente, quando afirma que não existem “pontos específicos nos dedos para acupunctura, mas pode picar 1 milímetro perto da unha”.

Na realidade o autor deste texto acabou de usar um dos pontos específicos que não existem nos dedos. Eu passo a explicar para compreenderem o erro e para compreenderem a razão de se usarem estes pontos, tal como está estabelecido na teoria da Medicina Chinesa.

Existe uma categoria de pontos, em acupunctura, designados 1ªs pontos Shu. Estes são os primeiros pontos de cada meridiano a contar das extremidades e localizam-se nos dedos. O 11P localiza-se a 1 mm, aproximadamente, do ângulo ungueal na margem radial do polegar. O ponto 44 VB encontra-se a 0,1 cun (ou 1 mm aproximadamente) do canto da base da unha do 4ª dedo do pé no seu bordo externo. Consoante é meridiano é centripto ou centrífugo os seus primeiros pontos ou os seus últimos pontos encontram-se nos dedos.

De acordo com a Teoria dos 5 elementos, estes primeiros pontos pertencem ao elemento madeira e, em consequência, são usados para tratar quadros de vento. Um ataque de AVC é descrito como um quadro de Vento interno em Medicina Tradicional Chinesa (MTC). Por isso estes pontos serem usados. Mas á outras situações em que eles podem ser usados como síncope. A síncope é outra condição descrita como ataque de vento em MTC.

Recentemente uma aluna enfermeira referiu que um dos cirurgiões que trabalham com ela tinha o hábito de picar um ponto no dedo para ajudar a reanimar o paciente durante a cirurgia cardíaca. O médico não sabia porquê, mas aquele ponto resultava. O ponto referido era o ponto 9MC (Mestre do Coração) que fica na ponta do dedo médio. Também é um 1º ponto Shu. Outra das indicações destes pontos é a reanimação.

Os pontos regulares não são os únicos pontos existentes nos dedos. Também existem pontos extra. O ponto extra diferencia-se do ponto regular pois não pertence a nenhum sistema de meridianos. De resto, ambos possuem uma localização anatómica exacta com indicações clínicas precisas.

Shixuan é o nome de 10 pontos extra que se encontram nos dedos. Significa 10 pontos de dispersão e ficam na ponta dos dedos. Desenhando uma linha entre os extremos das unhas encontramos o ponto no centro. Estes pontos são considerados de dispersão porque tratam quadros de Vento que são quadros de plenitude. São usados em sintomas como: febre muito elevada, perda de consciência, ataques cardíacos, problemas psiquiátricos, etc…

As suas indicações são semelhantes às indicações dos 1ªs pontos Shu que falámos incialmente. Regra geral são usados em casos muito graves pois são bastante dolorosos quando sujeitos a punctura. Outros pontos extra como o Sifeng, Baxie e Zhongkui também se localizam nos dedos e são pontos de acupunctura específicos. Contudo já são indicados para outro tipo de queixas.

Em terceiro lugar temos a questão do uso de pontos auriculares. O lóbulo é aconselhado pois é no lóbulo que se encontram muitas áreas associadas à face tal como é entendido na teoria da aurículopunctura. Apesar de existirem estudos a favor da aurículo também existem estudos que a colocam em causa. Em particular toda a sua ligação teórica de órgãos ou partes do corpo com áreas da orelha.

Existem, sem dúvida, áreas que são aconselhadas para este tipo de problemas. O lóbulo é uma delas. Outra hipótese poderia ser o ápice da orelha ou a área do Yang do Fígado localizada no tubérculo da hélice. Estas áreas são aconselhadas para quadros de hipertensão, tonturas, cefaleias, febre elevada, etc… Em termos de linguagem técnica de MTC o Yang do Fígado poderia ser usado uma vez que o vento, sendo móvel, é de natureza Yang. Muitos quadros de AVC são descritos como Vento interno, uma consequência da subida de Yang do Fígado.

BIBLIOGRAFIA

Beijing University of Tradicional Chinese Medicine; et ally; Acupuncture & Moxibustion, ed. Academy Press, ISBN 7-5077-1269-9, 1ª edição, 1999, Beijing 

ARTIGOS RELACIONADOS
Parceria com a Nova Vision
A Nova Vision é um projecto novo e ousado de venda de óculos online. É possível encontrar os diferentes tipos de óculos existentes, como óculos bifocais-graduados-progressivos.Os preços são altamente competitivos. ...
CONTINUE A LER
Dirigido a Acupunctores Licenciados e Académicos de MTC com mais de 3 anos de Formação.Pela primeira vez em Portugal, o Dr. Tran Viet Dzung *, vai colaborar com os Acupunctores ...
CONTINUE A LER
4ª Conferência Europeia de Bi-digital O-Ring Test Acupunctura e Medicinas IntegrativasDia 09 de Junho 2012   9,00 h – Abertura do Secretariado 10,00 h – Sessão de abertura – Dr. João Paulo Almeida10,15 h – Tratamento da ...
CONTINUE A LER
lei europeia sobre plantas medicinais: considerações iniciais
Resposta à nova lei europeia sobre plantas medicinais Desde há uns meses que venho a receber alguns mails acerca de uma nova lei europeia que visa regulamentar o uso de plantas ...
CONTINUE A LER
Uma data especial
O texto acabou de ser publicado. São 4:15 da manhâ. Estou a dormir. Apesar de escrever este texto com alguns dias de antecedência sei que na quarta-feira que passou estive ...
CONTINUE A LER
Para os melhores profissionaisEstar entre os melhores nas provas em que competimos implica também estar um passo à frente na preparação física bem como na recuperação das lesões. A EMAC ...
CONTINUE A LER
Desde há muitos anos que tenho a tendência de reunir o maior número de estudos científicos das mais diversas áreas. No início juntava esses artigos e imprimia-os ficando com um ...
CONTINUE A LER
Dor menstrual (cólicas menstruais) e acupunctura/acupuntura
Recentemente a Internet foi invadida por noticias que sustentavam que a acupunctura era mais eficaz que a medicina herbal ou a medicação ocidental no tratamento de dores menstruais. Encontrei, através ...
CONTINUE A LER
O pluggin paid articles que uso no blogue para o leitor poder comprar artigos de acupuntura/medicina chinesa com segurança está a dar alguns problemas. É natural que após comprarem um ...
CONTINUE A LER
18/01/2011Consórcio europeu liderado por portugueses lançou uma nova máquina que pode revolucionar a prevenção e deteção do cancro da mama. Os primeiros protótipos foram instalados em Coimbra e Marselha.É uma ...
CONTINUE A LER
Parceria com a Nova Vision
Seminário Internacional de Acupunctura aplicada às doenças imunológicas
4ª Conferência Europeia de Bi-digital O-Ring Test Acupunctura
lei europeia sobre plantas medicinais: considerações iniciais
Uma data especial
Congresso Internacional De Medicina Desportiva
Pasta partilhada de artigos científicos no dropbox
Dor menstrual (cólicas menstruais) e acupunctura/acupuntura
Pluggin de compra de artigos com problema
Portugueses lançam nova máquina contra o cancro da

Comments

  1. Hugo Duarte says

    Boa Noite.
    Muito Obrigado pela partilha de informação.
    Apenas queria perguntar-lhe se esta técnica resulta no caso de AVC isquémico… Se não, conhece alguma técnica que possa ser útil?
    Obrigado mais uma vez…
    Boas Festas

    Hugo Duarte

  2. nuno lemos says

    Esta técnica é usada em ataques de vento, em termos de MTC, o que significa que ela nunca foi pensada na diferenciação ocidental de doenças. desde que o pacientes apresnete os sintomas correspondentes a técnica pode ser usada.
    Dar atenção que eu falo da técnica e do que a MTC diz acerca destes pontos. Se realmente resulta ou não é outro problema. Pessoalmente não conheço estudos que abordem este problema. Existem no entanto estudos sobre recuperação de pacientes que sofreram AVC, mas a acupunctura já pensada de forma diferente.
    Abraço e feliz natal

  3. nuno lemos says

    Boa tarde Renato. Tanto é errado passar informação falsa como fazer juizos de valor apressados.
    Se reparar no meu artigo limitei-me a notar erros existentes no texto original sobre a localização de pontos de acupunctura na mão e a falar da indicação de alguns pontos de acupunctura.
    Nunca defendi que estas técnicas devessem ser feitas por quem não sabe (se conhecesse bem os meus textos até saberia que sou bastante critico relativamente a este assunto), nunca disse para não enviarem o paciente para o hospital (um familiar meu já teve um AVC e nem exitei em chamar o 115) e, tanto no texto, como em comentários chamei a atenção para o facto que não existem estudos cientificos nesta área.
    Sem dúvida que os textos que apresentou são muito mais ricos em comentários – com honrosa excepção para os pontos de acupunctura – do que o meu texto. Mas isso deve-se somente ao facto de eu me ter limitado a comentários sobre pontos de acupunctura e aplicações clinicas.
    Portanto, pode dizer-me onde se encontra a INSANIDADE?
    Abraço

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>