lombalgia e falta de força nas pernas

ABSTRATO

Paciente do sexo feminino, com 72 anos, recorreu às consultas de acupuntura devido à presença de dor lombar (lombalgia) e falta de força nas pernas devido à presença de hérnias discais.

A paciente fez tratamento de fisioterapia no Gabinete de Fisioterapia do Desporto notando grandes melhoras na força das pernas. A dor também sofreu uma diminuição significativa. Na altura da consulta a dor afectava principalmente a região glútea e joelho.

A análise semiológica mostrou a existência de 1 padrões clínico (humidade-frio). O tratamento seleccionado foi a acupuntura. Ao todo a paciente fez 5 tratamentos referindo uma melhoria significativa das queixas. Ao final dos 5 tratamentos, por motivos pessoais a paciente parou o tratamento.

BannerFans.com

CASO CLÍNICO

 

QUEIXA PRINCIPAL

hérnia desde os 29 anos.

tem sempre dores.

piorou neste verão.

dor lombar dta que irradiava para o ilíaco e nádega.

sente menos força nas pernas.

fez tratamentos de fisioterapia com o fisioterapeuta Ernesto Ferreira, no Gabinete de Fisioterapia do Desporto e ficou melhor da força nas pernas.

Ainda dói mas menos do que antes com o tratamento do fisioterapeuta Ernesto Ferreira.

dor irradia para a perna pelo meridiano da VB.

dor tipo choque eléctrico. – actualmente já não tem esta dor. Actualmente a dor é mais localizada na zona das nádegas e joelho.

Falta de força na perna.

Sensação de peso na perna.

dor agravava com frio.

Pode melhorar com calor: umas vezes sim outras não.

Mudança de tempo desencadeia episódios de dor.

dor tipo aperto: como se tivesse toalha molhada a apertar na zona.

HISTÓRIA PESSOAL

apêndicite com 19 anos.

cirurgia há VB aos 50 anos.

MEDICAÇÃO

colesterol

diabetes

hipertensão arterial

zolof – anti-depressivo

vastarek LM – melhorar circulação sangue na cabeça

Inibas plu s – colesterol

DIAGNÓSTICO

Dor por humidade-frio com predominância de humidade

EXPLICAÇÃO

A existência de dor com sensação de peso indica a presença de humidade. A grande sensibilidade a alterações atmosféricas, a sensação de aperto “como se tivesse uma toalha molhada” e a sua acentuação em articulações são sintomas que denunciam o padrão de humidade.

O agravamento da dor com o frio indica a presença de frio. As discrepâncias relativamente à eficácia do calor no alívio da dor podem indicar que ou o frio não é um facto muito intenso ou que a paciente sente dificuldades em descrever os efeitos locais do calor devido ao facto desta agravar com alterações bruscas de temperatura.

ACUPUNTURA

JIAJI LOMBARES, SHU INTERNOS E EXTERNOS LOMBARES, ASHI LOMBARES LADO DIREITO, 40B, 34VB

EXPLICAÇÃO

A definição deste protocolo baseia-se na selecção de pontos de acordo com o sistema nervoso (jiaji lombares) e teoria dos meridianos (shu locais com pontos distais dos meridianos afectados).

ELECTROPUNTURA

1 PAR DE AGULHAS NA ZONA LOMBAR DIREITA

PROGRAMA 3: 2-100HZ

CONSTANTE, 20HZ, 150MICROSEG, 2 MIN

FAST-SLOW 2/6 HZ, 400 MICROSEG, 4 MIN

BURST, 100 HZ, 100 MICROSEG, 3 MIN

SWEEP 3-10 HZ, 300 MICROSEG, 3 MIN

CONSTANT 70 HZ, 100 MICROSEG, 3 MIN

2ª CONSULTA

 

FEEDBACK

Sentiu ligeiras melhoras na dor.

Consegue levantar-se com menos dor: levanta-se bem. Antes não conseguia levantar-se com essa facilidade.

quando anda sente dor: sem melhoras.

A dor irradia pelo membro inferior.

sem força nas pernas idêntica.

Sensação de peso mais diminuida.

ACUPUNTURA

IDÊNTICA

3ª CONSULTA

 

FEEDBACK

Já mexe bem o pé.

Já consegue andar com melhoras.

Por vezes ainda sente alguma dor na face externa da perna (vesicula)

Surge dor intermitente na lombar.

Dor já não irradia para a nádega.

sente ligeiras melhoras na força nas pernas: já consegue subir 2 andares sem surgir dor intensa nas pernas. Surge uma dor mas mais suave.

A dor nas nádegas já não tem.

Sente dor lombar intermitente.

No geral a paciente sente melhoras consideráveis relativamente à queixa principal.

ACUPUNTURA

JIAJI LOMBARES, SHU ASHI E ASHI LOMBARES BILATERAIS, 40B, YIQIZHUIXIA.

34VB LADO DIREITO.

Sem aplicar electropuntura.

4ª CONSULTA

 

FEEDBACK

Mexe bem o pé.

Dor na face externa da perna (VB) mais reduzida e só quando faz determinados movimentos.

Dor lombar já não irradia para a coxa.

Dor presente na coluna e sacro.

Sente muito mais força nas pernas: já nem se lembra que tem falta de força quando se mexe.

dor lombar intermitente

ACUPUNTURA

jiaji lombares, ashi shu lombares, 40B, 34VB, ASHI VG

ELECTROPUNTURA DO LADO DIREITO

2 PARES DE PONTOS ASHI

PROGRAMA 2 15 MINUTOS

PROGRAMA 3 15 MINUTOS

5ª CONSULTA

 

FEEDBACK

dor lombar persistente mas diminui-o a intensidade (na região lombar e sagrada). Já não irradia tantas vezes para a frente.

continua sem irradiar para a coxa.

Não tem sentido a dor na face externa da perna, mas tem sentido na frente do tendão rotuliano – não é constante.

Suspeita que as mudanças de tempo sejam factores desencadeantes.

Sente grandes melhoras desde o início dos tratamentos.

Sente-se com mais força nas pernas – quando se sente mais nervosa sente diminuição da força nas pernas!

Por vezes tem perda de equilíbrio.

Dor nas nádegas continua desaparecida.

ACUPUNTURA

idêntico

troquei ordem dos programas

BannerFans.com

SUBSCREVE A NOSSA LISTA DE MAILS

Assina a nossa lista de mails e recebe todos os nossos artigos, promoções e cursos. Não percas nenhuma novidade!

Comments

  1. Marco Basso says

    Cumprimentos caro amigo Nuno, fica aqui uma pergunta, não seria uma valia também ter acrescentado o ponto VB30 por relaxar tendões e os musculos, por dispersar a umidade e por fortalecer a lombar e membros inferiores e o ponto B54 por dispersar a umidade , por serem pontos locais e mesmo com efeitos distais do membro inferior, por aliviar a dor dos musculos envolvidos e com reflexo nos meridianos também envolvidos.

    Mas se eu para para pensar, poderia também partir para divesas formas de pensamento de tratamento não é mesmo,rssrsrrs….. forte abraço amigo, Marco Basso.

  2. nuno lemos says

    Boas Marco

    O ponto 30VB seria uma boa adição, não por dispersar a humidade ou fortalecer a coluna (não são as suas funções principais) mas pelo impacto que tem no membro inferior. Este ponto encontra-se a nível do ciático e é muito bom para tratar problemas do membros inferior. Tradicionalmente é um dos pontos mais importantes para tratar problemas no membro inferior considerando-se que beneficia o mesmo.
    O ponto 54B é um ponto local que também pode ser usado.
    Muitas vezes a selecção deste tipo de pontos locais depende muito do acupuntor. Há quem prefira usar um ponto e há quem prefira usar outro.
    Pessoalmente foquei-me mais na coluna lombar onde se encontrava a queixa dolorosa e, no fundo, a raiz dos problemas nos membros inferiores. O ponto 30VB uso muito na presença de ciatalgia.
    Mas como disse a selecção dos pontos está correcta.

    Abraço e boas agulhadas

  3. que piada says

    Que bobagem ,isso dai para mim só jesus cura só ele salva e só ele da a vida eterna a quem cre, ja quem nao cre , Missericordia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *