lombalgia e falta de força nas pernas

ABSTRATO

Paciente do sexo feminino, com 72 anos, recorreu às consultas de acupuntura devido à presença de dor lombar (lombalgia) e falta de força nas pernas devido à presença de hérnias discais.

A paciente fez tratamento de fisioterapia no Gabinete de Fisioterapia do Desporto notando grandes melhoras na força das pernas. A dor também sofreu uma diminuição significativa. Na altura da consulta a dor afectava principalmente a região glútea e joelho.

A análise semiológica mostrou a existência de 1 padrões clínico (humidade-frio). O tratamento seleccionado foi a acupuntura. Ao todo a paciente fez 5 tratamentos referindo uma melhoria significativa das queixas. Ao final dos 5 tratamentos, por motivos pessoais a paciente parou o tratamento.

CASO CLÍNICO

 

QUEIXA PRINCIPAL

hérnia desde os 29 anos.

tem sempre dores.

piorou neste verão.

dor lombar dta que irradiava para o ilíaco e nádega.

sente menos força nas pernas.

fez tratamentos de fisioterapia com o fisioterapeuta Ernesto Ferreira, no Gabinete de Fisioterapia do Desporto e ficou melhor da força nas pernas.

Ainda dói mas menos do que antes com o tratamento do fisioterapeuta Ernesto Ferreira.

dor irradia para a perna pelo meridiano da VB.

dor tipo choque eléctrico. – actualmente já não tem esta dor. Actualmente a dor é mais localizada na zona das nádegas e joelho.

Falta de força na perna.

Sensação de peso na perna.

dor agravava com frio.

Pode melhorar com calor: umas vezes sim outras não.

Mudança de tempo desencadeia episódios de dor.

dor tipo aperto: como se tivesse toalha molhada a apertar na zona.

HISTÓRIA PESSOAL

apêndicite com 19 anos.

cirurgia há VB aos 50 anos.

MEDICAÇÃO

colesterol

diabetes

hipertensão arterial

zolof – anti-depressivo

vastarek LM – melhorar circulação sangue na cabeça

Inibas plu s – colesterol

DIAGNÓSTICO

Dor por humidade-frio com predominância de humidade

EXPLICAÇÃO

A existência de dor com sensação de peso indica a presença de humidade. A grande sensibilidade a alterações atmosféricas, a sensação de aperto “como se tivesse uma toalha molhada” e a sua acentuação em articulações são sintomas que denunciam o padrão de humidade.

O agravamento da dor com o frio indica a presença de frio. As discrepâncias relativamente à eficácia do calor no alívio da dor podem indicar que ou o frio não é um facto muito intenso ou que a paciente sente dificuldades em descrever os efeitos locais do calor devido ao facto desta agravar com alterações bruscas de temperatura.

ACUPUNTURA

JIAJI LOMBARES, SHU INTERNOS E EXTERNOS LOMBARES, ASHI LOMBARES LADO DIREITO, 40B, 34VB

EXPLICAÇÃO

A definição deste protocolo baseia-se na selecção de pontos de acordo com o sistema nervoso (jiaji lombares) e teoria dos meridianos (shu locais com pontos distais dos meridianos afectados).

ELECTROPUNTURA

1 PAR DE AGULHAS NA ZONA LOMBAR DIREITA

PROGRAMA 3: 2-100HZ

CONSTANTE, 20HZ, 150MICROSEG, 2 MIN

FAST-SLOW 2/6 HZ, 400 MICROSEG, 4 MIN

BURST, 100 HZ, 100 MICROSEG, 3 MIN

SWEEP 3-10 HZ, 300 MICROSEG, 3 MIN

CONSTANT 70 HZ, 100 MICROSEG, 3 MIN

2ª CONSULTA

 

FEEDBACK

Sentiu ligeiras melhoras na dor.

Consegue levantar-se com menos dor: levanta-se bem. Antes não conseguia levantar-se com essa facilidade.

quando anda sente dor: sem melhoras.

A dor irradia pelo membro inferior.

sem força nas pernas idêntica.

Sensação de peso mais diminuida.

ACUPUNTURA

IDÊNTICA

3ª CONSULTA

 

FEEDBACK

Já mexe bem o pé.

Já consegue andar com melhoras.

Por vezes ainda sente alguma dor na face externa da perna (vesicula)

Surge dor intermitente na lombar.

Dor já não irradia para a nádega.

sente ligeiras melhoras na força nas pernas: já consegue subir 2 andares sem surgir dor intensa nas pernas. Surge uma dor mas mais suave.

A dor nas nádegas já não tem.

Sente dor lombar intermitente.

No geral a paciente sente melhoras consideráveis relativamente à queixa principal.

ACUPUNTURA

JIAJI LOMBARES, SHU ASHI E ASHI LOMBARES BILATERAIS, 40B, YIQIZHUIXIA.

34VB LADO DIREITO.

Sem aplicar electropuntura.

4ª CONSULTA

 

FEEDBACK

Mexe bem o pé.

Dor na face externa da perna (VB) mais reduzida e só quando faz determinados movimentos.

Dor lombar já não irradia para a coxa.

Dor presente na coluna e sacro.

Sente muito mais força nas pernas: já nem se lembra que tem falta de força quando se mexe.

dor lombar intermitente

ACUPUNTURA

jiaji lombares, ashi shu lombares, 40B, 34VB, ASHI VG

ELECTROPUNTURA DO LADO DIREITO

2 PARES DE PONTOS ASHI

PROGRAMA 2 15 MINUTOS

PROGRAMA 3 15 MINUTOS

5ª CONSULTA

 

FEEDBACK

dor lombar persistente mas diminui-o a intensidade (na região lombar e sagrada). Já não irradia tantas vezes para a frente.

continua sem irradiar para a coxa.

Não tem sentido a dor na face externa da perna, mas tem sentido na frente do tendão rotuliano – não é constante.

Suspeita que as mudanças de tempo sejam factores desencadeantes.

Sente grandes melhoras desde o início dos tratamentos.

Sente-se com mais força nas pernas – quando se sente mais nervosa sente diminuição da força nas pernas!

Por vezes tem perda de equilíbrio.

Dor nas nádegas continua desaparecida.

ACUPUNTURA

idêntico

troquei ordem dos programas 

ARTIGOS RELACIONADOS
tratar dor por herpes zoster com acupuntura
tratar dor por herpes zoster com acupuntura abstrato Paciente do sexo masculino com 59 anos de idade surgiu na Clinica Médica Policonsult com a queixa de dor intensa na região costal ...
CONTINUE A LER
tratar artroses com acupuntura
tratar artroses com acupuntura chinesa abstrato Tratar artroses com acupuntura era o objetivo desta paciente do sexo feminino, de 78 anos de idade, quando recorreu às consultas de acupuntura devido à ...
CONTINUE A LER
ABSTRATO Paciente do sexo femino, entre os 60-65 anos, recorreu às consultas de acupuntura devido à presença de dor nas costas que existia desde os 20 anos de idade. Fez massagens ...
CONTINUE A LER
tratar dor com acupuntura
tratar dor após cirurgia de remoção de parafusos na fratura da cabeça do fémur - ABSTRATO   Paciente do sexo masculino, 44 anos, recorreu às consultas de acupunctura devido a dor e limitação ...
CONTINUE A LER
paralisia facial crónica
PARALISIA FACIAL CRÓNICA E ACUPUNTURA - ABSTRATO Paciente do sexo feminino, na casa dos 20 anos, recorreu às consultas de acupuntura devido à presença de paralisia facial crónica. A paralisia facial ...
CONTINUE A LER
Tratar torcicolo com acupuntura e osteopatia
Paciente do sexo masculino com 54 anos de idade. Apresentava dor e grande dificuldade de movimento na cabeça devido a torcicolo sofrido 3 meses antes. Foram recomendadas 20 sessões de ...
CONTINUE A LER
ABSTRATO Paciente do sexo masculino, entre os 30 e 35 anos, recorreu às consultas de acupuntura com o diagnóstico de síndrome do túnel cárpico com dor no polegar e indicador. Secundariamente ...
CONTINUE A LER
prevenir aborto espontâneo
Prevenir aborto espontâneo com tratamentos de acupuntura Paciente do sexo feminino com 33 anos. Teve uma primeira gravidez com aborto espontâneo às 9 semanas. Recorreu à consulta de acupuntura para conseguir ...
CONTINUE A LER
crises de cólica renal aliviadas com acupuntura
crises de cólica renal aliviadas com acupuntura abstrato Paciente do sexo masculino, 41 anos, apresentava uma crise de cólica renal há 1 semana, e contatou-me no sentido de ser dada consulta ...
CONTINUE A LER
tratar paralisia de bell
TRATAR PARALISIA DE BELL COM ACUPUNTURA ELÉTRICA - ABSTRATO Paciente do sexo masculino, 35 anos, recorreu às consultas de acupuntura para tratar paralisia de bell. A paralisia de bell ocorreu de ...
CONTINUE A LER
tratar dor por herpes zoster com acupuntura
tratar artroses com acupuntura chinesa
dor nas costas tratada com acupuntura
tratar dor após cirurgia de remoção de parafusos
Paralisia facial crónica – caso clinico tratado com
Tratar torcicolo com acupuntura e osteopatia
síndroma do túnel do carpo – caso clínico
Prevenir aborto espontâneo com acupuntura
crises de cólica renal aliviadas com acupuntura
Tratar paralisia de bell com acupuntura elétrica

Comments

  1. Marco Basso says

    Cumprimentos caro amigo Nuno, fica aqui uma pergunta, não seria uma valia também ter acrescentado o ponto VB30 por relaxar tendões e os musculos, por dispersar a umidade e por fortalecer a lombar e membros inferiores e o ponto B54 por dispersar a umidade , por serem pontos locais e mesmo com efeitos distais do membro inferior, por aliviar a dor dos musculos envolvidos e com reflexo nos meridianos também envolvidos.

    Mas se eu para para pensar, poderia também partir para divesas formas de pensamento de tratamento não é mesmo,rssrsrrs….. forte abraço amigo, Marco Basso.

  2. nuno lemos says

    Boas Marco

    O ponto 30VB seria uma boa adição, não por dispersar a humidade ou fortalecer a coluna (não são as suas funções principais) mas pelo impacto que tem no membro inferior. Este ponto encontra-se a nível do ciático e é muito bom para tratar problemas do membros inferior. Tradicionalmente é um dos pontos mais importantes para tratar problemas no membro inferior considerando-se que beneficia o mesmo.
    O ponto 54B é um ponto local que também pode ser usado.
    Muitas vezes a selecção deste tipo de pontos locais depende muito do acupuntor. Há quem prefira usar um ponto e há quem prefira usar outro.
    Pessoalmente foquei-me mais na coluna lombar onde se encontrava a queixa dolorosa e, no fundo, a raiz dos problemas nos membros inferiores. O ponto 30VB uso muito na presença de ciatalgia.
    Mas como disse a selecção dos pontos está correcta.

    Abraço e boas agulhadas

  3. que piada says

    Que bobagem ,isso dai para mim só jesus cura só ele salva e só ele da a vida eterna a quem cre, ja quem nao cre , Missericordia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *